Times da ABDA e SHB disputam quartas de finais em setembro; Hípica mostrou grande evolução

A Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA) terminou a 1ª etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes sub-18 masculino de polo aquático com seus dois times classificados para a próxima fase. A equipe da ABDA ficou na segunda colocação da chave A e a Hípica na quarta da chave B. Os times disputam as quartas de finais em setembro.

A disputa da 1ª etapa ocorreu na piscina do Clube Internacional de Regatas, em Santos. Esta competição é realizada pelo Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), em parceria com a Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) e com apoio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

A equipe da ABDA, comandada pelo técnico Attila Sudar, venceu a primeira partida na sexta-feira (31/5) contra Associação Brasileira A Hebraica (ABH) por 22 a 5. No sábado (1/6), desfalcado de dois importantes jogadores por motivos de saúde, o time jogou o clássico do polo aquático contra Esporte Clube Pinheiros (ECP) e ficou um gol atrás no placar, finalizado em 7 a 8. No domingo (2/6), venceu o Tijuca Tênis Clube (TTC) por 12 a 2. “Nossa defesa funcionou muito bem, o ataque também foi bom, porém precisamos melhorar a definição. Já o time da Hípica evoluiu bastante”, avaliou Attila Sudar.

A observação do treinador húngaro da ABDA sobre o desempenho da Hípica é compartilhada pelo técnico da equipe, Alexandre Dezani. “O time da Hípica, apesar de mais jovem, jogou de igual para igual contra todas as outras equipes, com os atletas acreditando em si mesmos, sendo as maiores características desse time comprometimento e raça”, comentou.

O time da Hípica, na sexta-feira (31/5), ficou atrás no placar de 13 a 5 contra o Sesi, mas venceu o Clube Jundiaiense (CJ) por 8 a 6. No sábado (1/6), jogou contra o Clube de Regatas do Flamengo (CRF), terminando em 9 a 12 para os cariocas e, no domingo (2/6), contra o Clube Paineiras do Morumby (CPM), o placar ficou em 4 a 5 para o clube de São Paulo.

Foto: SWY Films

ABDA 7 x 8 ECP6 - Daniel Ribeiro, o Canhoto - credito SWY Films