Atletas melhoraram a maioria de seus tempos e trouxeram ótimos resultados

A equipe de natação da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA) disputou o Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu José Finkel – Taças Correios 2018 de 23 a 28 de agosto ao lado de grandes medalhistas mundiais e olímpicos; e classificou-se na 15ª colocação, dentre 40 equipes de todo o país.

O atleta Carlos Eduardo Lanças superou seus melhores tempos nas três das quatro provas que nadou. Nos 100m livre, Cadu fez a excelente marca de 48seg96; nos 50m borboleta, bateu seu melhor tempo, fazendo 23seg81 e nos 50m livre também superou, melhorando o tempo para 22seg59. Nos 100m borboleta, o atleta nadou para 54seg24.

“Foi um Troféu José Finkel de quebrar barreiras, pela primeira vez nadei os 100m livre na casa dos 48seg e pela primeira vez os 50m borboleta na casa dos 23seg voltando a nadar uma final B em brasileiro absoluto. Agora é passar essa experiência para as crianças mais novas para que nos próximos brasileiros a equipe esteja ainda maior com vários atletas mais novos nos acompanhando em campeonatos brasileiros absolutos”, comemorou o atleta Carlos.
Delie Fernanda Moraes disputou os 50m costas e fez o tempo de 29seg58 e 100m costas, com 1min03seg70. Pedro Vieira fez 25seg96 nos 50m costas e 57seg43 nos 100m costas.

Felipe Messias nadou os 50m livre para 21seg98, 50m borboleta para 23seg71 e nos 100m livre para 48seg58. A atleta Estefania Milanez marcou 29seg52 nos 50m costas, 28seg01 nos 50m borboleta e 1min04seg40 nos 100m costas.

“Nossos atletas competiram bem, com a equipe nadando no que esperávamos, fomos no total de sete atletas. O objetivo agora é fazer esse número crescer, os mais novos tem capacidade de adquirir os índices para que possam nadar ao lado de medalhistas mundiais e olímpicos, para assim obterem mais experiências e maturidade em suas provas e competições”, afirmou Douglas Gonçalves, técnico da ABDA.

A equipe da ABDA que competiu neste Brasileiro segue 100% a filosofia da ABDA, que visa apoio à educação, ao esporte e, principalmente, à inclusão, não sendo nadadores profissionais e conquistaram excelentes resultados nesta importante e difícil competição.

Troféu José Finkel