Com excelente campanha, equipe bauruense enfrentou grandes times e garantiu a 2ª colocação

A equipe da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA) de polo aquático viajou a capital paulista para disputar o Campeonato Brasileiro Interclubes sub-13 de Polo Aquático. A competição, que foi realizada entre a última sexta-feira (27) e a última terça-feira (1), no Clube Hebraica, contou com a participação de 12 clubes de São Paulo e Rio de Janeiro.

Na primeira rodada, a ABDA enfrentou o Club Athletico Paulistano (CAP) em jogo com placar elástico para o time do interior, com resultado final de 14 a 0. Contra o Clube Internacional de Regatas (CIR), a ABDA não deu chances ao adversário e cravou 17 a 6.

Pela terceira rodada do campeonato, a ABDA entrou na piscina com o Tijuca Tênis Clube (TTJ) e a partida foi tranquila, terminando em 21 a 5 para a equipe bauruense. Contra a Associação Brasileira Hebraica (ABH) mais um placar elástico de 22 a 5, com a equipe da ABDA vencendo com facilidade. Na partida seguinte, a ABDA goleou o Clube Jundiaiense (CJ) e a partida finalizou em 18 a 3.

Pelas quartas de final, a ABDA enfrentou o Clube Regatas Flamengo (CRF), em partida dura, mas com predominância da equipe de Bauru e o placar final foi de 9 a 6. Na semifinal, mais uma duelo difícil, contra o Clube Paineiras do Morumby (CPM), onde predominou a união e garra da ABDA, com placar final de 14 a 9 para a associação.

Depois de realizarem ótimas campanhas, Sesi Ribeirão Preto e ABDA fizeram um jogo duro na final, que aconteceu na tarde da última terça-feira. A associação demonstrou muita igualdade em toda a sua equipe, com destaques para Kael Abner Martins de Lima e Fábio Ferreira Junior, mas o clube de Ribeirão Preto levou a melhor e venceu a disputa por 5 a 3.

Na disputa de terceiro lugar, melhor para o Clube Internacional de Regatas, que venceu o Paineiras do Morumby por 6 a 4.

A equipe da Sociedade Hípica/ABDA (SHB), com atletas muito mais novos, também participou da competição e fez grandes partidas, destacando o jogo contra o CIR, de onde sairia um dos semifinalistas, perdendo apenas nos pênaltis em partida que terminou com 9 gols para cada lado.

A ABDA conta com o auxílio de seus parceiros: Zopone Engenharia e Comércio LTDA., Z-Incorporações, CVC, Pernambucanas, BNP Paribas, Sabesp, AES Tietê, Lei de Incentivo ao Esporte, Ministério do Esporte, Grupo Multicobra e Semel.

31709826_2038257529831760_8863943347887144960_n